IBC Santo André





Clique para visualizar:


Vamos Agir
Garantia de Salvação
Razões Para Pregar
Bem-Vindos à Mesa do Senhor
Desafio
Sal da Terra
Compromisso
Simplicidade
Gratidão
Povo Fiel
Filhos Precisam de Mães
Características da Igreja de Deus
Características da Igreja de Deus
Ser e Fazer
Vida Jovem
Mandamentos
Esperança Cristã
A Graça da Libertação
Jornada de Fé
Vivendo e Ensinando
Caminho da Adoração
Gerar e Cuidar
Igreja Grande, Desafio Grande
Pessoas Idôneas
Do Lado Certo
Vai Passar
Um Passo a Mais
Fogo Aceso
Feliz Ano Novo!
Por que 25 de dezembro?
Símbolos e Realidade
Natal com Jesus
Ilhas da Vida
Fé e Paciência
Mesa do Senhor
Prioridade: Família
Mantenha a Fé
Jesus Voltará
Fazer Discípulos
Choro Amargo
Anjo da Liberdade
Pai Nosso
Jesus e as Leis
Novo que se Renova
Milagres Lá Fora
Pequenas Coisas
Princípio e Fim
Princípio e Fim
Julgar
Experiência
"Luz"!
Um Roteiro de Vida
Soldado Cristão
Três Cordas
Vencedores
Diferente
Gratidão
Valorizando o Espírito Santo
Visão
Do Lado Certo
Orando a Sós
Uma forma diferente de viver
Nossa Grande Esperança
Triângulo no Pescoço
O Pão da Vida
O Convite
Chamados
Corpo do Senhor
Santidade
Sem Perda
O Desgaste
Construção
Fogo Aceso

A Escolta

"Tendes aí uma escolta..." (Mt. 27:66)

Escolta é uma proteção policial para que não sejam roubadas cargas preciosas. No verso acima, a carga preciosa era o corpo de Jesus que Pilatos mandou vigiar, receando que os discípulos viessem furtá-lo à noite e, a seguir, dizerem que havia ressuscitado. Daí a escolta ter montado guarda ao sepulcro (Mt. 27:66).

É interessante notar que os principais sacerdotes disseram a Pilatos: "...Assim o último erro será pior do que o primeiro." (Mt. 27:64b).

O erro número um foi crucificar Jesus como malfeitor, o erro pior seria sumir o corpo de Jesus. E foi o que aconteceu, apesar da escolta. Nenhuma escolta pode impedir o agir de Deus quando se trata de dar uma vida nova a alguém através de Jesus. O fato de Jesus romper as cadeias da morte é considerado o maior feito do cristianismo, e significa que não existe escolta que impeça o Seu agir em qualquer situação, pois nada é maior do que a morte. Quer dizer também que existe esperança, esperança de que o mesmo Espírito que tirou Jesus dentre os mortos e Lhe deu corpo glorificado atua em nosso favor: "e qual a suprema grandeza do seu poder para conosco... que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos..." (Ef. 1: 19-20).

Independente das escoltas que a vida nos apresenta podemos crer que elas falharão duas vezes: falharão porque Jesus morreu por nós, e falharão porque Ele ressuscitou, e envergonhou a escolta. É por isso que lemos
em Atos 4:33: "Os apóstolos davam com grande poder, testemunho da ressureição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça."

Pr. Ary da Costa Cabral