IBC Santo André





Clique para visualizar:


Sal da Terra
Compromisso
Simplicidade
Gratidão
Povo Fiel
Filhos Precisam de Mães
Características da Igreja de Deus
Características da Igreja de Deus
Ser e Fazer
Vida Jovem
Mandamentos
Esperança Cristã
A Graça da Libertação
Jornada de Fé
Vivendo e Ensinando
Caminho da Adoração
Gerar e Cuidar
Igreja Grande, Desafio Grande
Pessoas Idôneas
Do Lado Certo
Vai Passar
Um Passo a Mais
Fogo Aceso
Feliz Ano Novo!
Por que 25 de dezembro?
Natal com Jesus
Ilhas da Vida
Fé e Paciência
Mesa do Senhor
Prioridade: Família
Mantenha a Fé
Jesus Voltará
Fazer Discípulos
Choro Amargo
Anjo da Liberdade
Pai Nosso
A Escolta
Jesus e as Leis
Novo que se Renova
Milagres Lá Fora
Pequenas Coisas
Princípio e Fim
Princípio e Fim
Julgar
Experiência
"Luz"!
Um Roteiro de Vida
Soldado Cristão
Três Cordas
Vencedores
Diferente
Gratidão
Valorizando o Espírito Santo
Visão
Do Lado Certo
Orando a Sós
Uma forma diferente de viver
Nossa Grande Esperança
Triângulo no Pescoço
O Pão da Vida
O Convite
Chamados
Corpo do Senhor
Santidade
Sem Perda
O Desgaste
Construção
Fogo Aceso

Símbolos e Realidade

"Entrando em casa, viram o menino com Maria, sua mãe e prostrando-se o adoraram. Então abrindo os seus tesouros lhe ofertaram suas dádivas: ouro, incenso e mirra." (Mateus 2:12)

No mês de dezembro celebramos o nascimento de Jesus. Os presentes que os magos lhe deram têm um significado todo especial: ouro significa que Jesus é Rei, incenso quer dizer que Ele é Sacerdote – a Pessoa que une os homens a Deus – e mirra quer dizer que Ele dará a sua vida (mirra era perfume usado para ungir uma pessoa morta).

Os significados dos presentes conferem exatamente com a vida de Jesus. Ele é o Rei dos Reis e Senhor dos Senhores: "Ora, ao Rei eterno, imortal, invisível, ao único Deus, seja honra e glória para todo o sempre. Amém." (I Timóteo 1:17). Jesus é o sumo sacerdote, Aquele que une o homem a Deus: "Onde Jesus, nosso precursor, entrou por nós, feito sumo sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque." (Hebreus 6:20).

Jesus morreu por nós, levando sobre Ele os nossos pecados: "Ele mesmo levou em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça, pela suas feridas fostes sarados." (I Pedro 2:24).

Os símbolos ouro, incenso e mirra falam de uma realidade, e são importantes. Nesses dias de celebração, de grandes festas, de viagens e de presentes, deve ficar bem claro para nós que os símbolos de Natal são uma forma de expressar nossa fé no que se encontra por detrás deles: Jesus nasceu entre nós.

O Cristianismo não precisa resgatar os símbolos, pois eles lhe pertencem, mas não pode, sob nenhum pretexto, entregá-los a quem não tem nenhum direito sobre eles.

Feliz Natal!

Pr. Ary da Costa Cabral