arrow_drop_down
SE TU UMA BENÇÃO

SE TU UMA BENÇÃO

Compartilhar

Nesse artigo iremos aprender 3 lições sobre a afirmação “se tu uma benção”, encontrada em Genesis 12:1,2, baseado na vida de Abraão.

Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.

E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção. (Genesis 12:1,2)

Quando estudamos a vida de Abraão, encontramos nele um exemplo de homem de fé. Homem que abandonou tudo para seguir o chamado do Senhor.

Percebam como o Senhor fala a Abraão no final do versículo 2 de Gênesis 12: “E tu serás uma benção”.

O Senhor não disse que ele é uma benção; disse que que ele seria uma benção.

Precisaria Abraão passar por um processo de aprendizado, sujeição e confiança no Senhor para então ele se tornar o grande Abraão, pai da fé, aquele do qual o Senhor levantaria a nação de Judá.

Abraão estava com 75 anos de idade quando ouviu o chamado de Deus e confiou.

 

CONFIAR NO CHAMADO DO SENHOR

 

A primeira lição que aprendemos com Abraão para que possamos nos tornar benção é CONFIAR NO CHAMADO DO SENHOR.

 

No versículo 4 de Gênesis 12, começa assim: “e partiu Abraão como lhe ordenara o Senhor”.

Muitas vezes colocamos obstáculos no chamado do Senhor para nossas vidas. Dinheiro, idade, conforto, estudo, preparação, etnia; tantos podem ser os obstáculos que com eles renunciamos o chamado de Deus para nossa vida.

Abraão creu que o Senhor tinha algo totalmente novo e sobrenatural para ele.

Os obstáculos de idade, conflito com a paternidade, sua estabilidade econômica, pois ele já era muito rico, não impediram que partisse como o Senhor lhe ordenara.

A confiança na promessa do Senhor, é o primeiro passo para o cumprimento dela.

Deus tinha um proposito na vida de Abraão de o tornar uma benção para a sua família, nação e para o mundo, mas era preciso que ele confiasse no Senhor.

Nós não conseguiremos ver o amanhã com a nossa limitação humana.

Somente Deus em sua onisciência já tem o futuro escrito em suas mãos, e quando Ele nos chama para que sejamos benção, ele quer que confiemos independentemente de situações contrarias e voltemos nosso olhar àquele que tem o poder de transformar situações, caminhando para o alvo determinado por ele.

 

PERSEVERAR NA PROMESSA DO SENHOR

 

Em Genesis 12:7, o Senhor aparece e promete a Abraão que daria aquela terra a ele e a sua descendência. No capítulo 13:14, novamente promete bençãos a Abraão e sua descendência. No capítulo 14:18 a 20, Deus mais uma vez abençoa Abraão.

Entre todos os desafios que Abraão teve, talvez o maior deles fosse continuar perseverante ante a promessa que o Senhor tinha para ele.

Compreenda: ele saiu de sua terra com 75 anos de idade. A promessa do Senhor foi que ele seria uma benção, que multiplicaria sua descendência como areia do mar, seria pai de uma grande nação, quando até aquele momento Abraão não era pai.

Interessante que o Senhor nunca mudou a promessa dada a Abraão. Todas as vezes que o Senhor se manifestou a ele, a promessa sempre foi a mesma.

Assim é conosco. O que Deus preparou para nós Ele é fiel para cumprir. Ele não muda e não mudará.

Em romanos 12 Paulo diz que a vontade de Deus é boa, agradável e perfeita.

A perseverança de Abraão nos ensina que temos que passar pelo tempo do Senhor. É nele que somos moldados.

Já aprendemos que precisamos confiar, mas agora TEMOS QUE PERSEVERAR.

Perseverança é o caminho para a vitória.

Temos que ser firmes e constantes no Senhor. Crer que Suas promessas se cumprirão em nossas vidas.

Por tanto tempo Abraão estava à espera da promessa de um filho que quando recebeu a notícia que Sara daria luz a um filho dele, em certo ponto ele chegou até a duvidar.

Em Genesis 17:17 diz que ele riu e disse a si mesmo: “poderá um homem de 100 anos de idade gerar um filho?”

As circunstâncias não favoreciam a Abraão.

Em certo momento ele chegou a pedir que Ismael, filho de sua escrava fosse o seu herdeiro.

Mas o Senhor tinha proposito já determinado para a vida dele.

As circunstâncias da vida podem nos mostrar direções totalmente opostas àquelas que estamos esperando.                    

Às vezes, sua situação econômica, familiar, empresarial, sua saúde, podem estar em direções opostas as promessas que o Senhor já fez e que você aguarda Dele. 

Em Genesis 18:13 vemos: “existe algo impossível a Deus?”.

O exercício da fé é crer nas coisas que não se veem.

É crer que Deus trabalha para te tornar uma benção; Ele tem que te moldar, tem que fazer você aprender a andar em fé, na confiança, na perseverança.

Quando entendemos que nada é impossível ao Senhor, então veremos Deus transformar qualquer circunstância a seu favor, para que suas promessas se cumpram em sua vida.

 

OFEREÇA O MELHOR AO SENHOR

 

Observe o capítulo 18 de Genesis, versículo 1 e 2.

“O Senhor apareceu a Abraão...”

Neste momento Abraão vai ao encontro do Senhor e o adora como vemos no versículo 2.

Então ele pede ao Senhor que não vá sem estar com ele por alguns momentos.

Ele oferece água, comida, e descanso ao Senhor, e o Senhor aceita o pedido de Abraão de ficar em sua casa.

Então Abraão se apressa e manda fazer pão com a melhor farinha, pegar o melhor novilho e preparar a melhor refeição para servir ao Senhor.

Esta atitude, nos ensina que o cumprimento da promessa sempre correrá numa via de mão dupla.

De um lado está o Senhor pronto para nos abençoar, mas no outro lado está a minha vida; e o que eu estou disposto a oferecer pode ser o diferencial para o cumprimento da promessa.

Naquele momento, Abraão deu o que ele tinha de melhor.      

Interessante que o Senhor aceita a oferta de Abraão e enquanto eles comiam e descansavam vem a pergunta: onde está Sara?”

Abraão ofereceu o melhor, mas ofereceu o que ele tinha.

Deus nunca irá nos pedir algo que não tenhamos. Tudo que precisamos oferecer ao Senhor ele já nos deu.

Abraão entendeu isto. Ofereceu o melhor.

O que temos oferecido ao Senhor? O que temos oferecido como selo da promessa em nossa vida?

As vezes achamos que o Senhor quem tem que nos dar alguma coisa, quando na verdade, eu que sou o servo Dele. Eu que tenho que oferecer algo ao Senhor.

Ofereça sua vida como oferta, seus dons, seus talentos, seus recursos.

Tenha fé que o Senhor confirmará a sua promessa em sua vida.

Após Abraão oferecer a oferta ao Senhor, no versículo 10 do capítulo 18 diz que em 1 ano Sara daria luz a um filho, o filho da promessa.

Pela primeira vez o Senhor coloca data para a promessa.

Já haviam se passados 25 anos desde a primeira vez em que o Senhor falara com Abraão.

 

O que mudou? 

Certamente, a oferta de Abraão.

Quando ele então dá o que há de melhor ao Senhor, o Senhor ali se revela.

 

APLICAÇÃO

 

Hoje somos filhos de Abraão por meio de Jesus Cristo.

Somos parte desta promessa.

Abraão aprendeu a confiar, a perseverar e a ofertar.

Vimos que a promessa dada a Abraão se cumpriu e ele então se tornou uma benção.

Que você creia no Senhor, confie no Senhor, persevere em sua jornada de fé.

Oferte ao Senhor com o que há de melhor em sua vida.

Entregue tudo a Ele e então como Abraão, você será uma benção.

 

Amilton Cabral