arrow_drop_down
PODER DA RECONCILIAÇÃO

PODER DA RECONCILIAÇÃO

Jesus costumeiramente ensinava aos seus discípulos utilizando-se de parábolas. É o que podemos encontrar em Lucas 15:11-20.


As parábolas são nos dada para aprendermos mistérios revelando-nos a natureza de Deus e seus propósitos.


Em 2º Coríntios 5:18; vemos que Deus tem nos dado o ministério da reconciliação.


2 coríntios 5:18

E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação;


Este é o ministério da igreja. Dizer ao mundo que se reconciliem com Deus. 

Fomos chamados para unir as pessoas, para fazermos com que os homens se reconciliem com Deus.


Em Lucas 15, Jesus usa três diferentes ilustrações para mostrar o poder da reconciliação.


A PRIMEIRA: A MOEDA PERDIDA. 


A moeda saiu do colar e caiu e se perdeu. A mulher varre o chão, liga a lamparina, porque ela entende que seu colar estava incompleto. Ela quer encontrá-la. 


Não é o valor daquela moeda, mas sim o que ela representa; pois quando é tirada do seu lugar, o conjunto perde o seu valor. Seu colar estava incompleto, pois o valor está no conjunto. Se um sai do lugar muda-se o valor do resto. 


Precisamos entender que a mulher começou a varrer o chão para trazer de volta a parte perdida. 


Em nossa vida não é diferente.

Se alguma parte em nós está faltando, ela afeta todo o nosso conjunto. 

Foque naquilo que está faltando para que sua vida volte a ter a totalidade. 


Se você construir uma grande carreira e perder sua família, perder sua casa, que bem há nisto? 

Ser um grande executivo e não ser um bom pai ou boa mãe, ser um grande líder e não ser um grande esposo ou esposa. Isto é uma grande perda. 


A verdade é que certos períodos da vida, focamos em grandes coisas, mas temos um déficit em outras. 

Tenha sua prioridade no lugar certo, esteja alinhado!

É como a mulher que varre o chão. Não se orgulhe das 9 que tem, mas vá a procura da parte que você não tem. 


Minha oração é que tudo que tenha saído do lugar seja trazido ao lugar certo. Seja restabelecido. 


A SEGUNDA: A OVELHA PERDIDA E O FILHO PRODIGO


Agora olhe cuidadosamente. 

Existe uma grande diferença entre a moeda perdida e a ovelha perdida. 


A moeda foi perdida e não sabia que estava perdida. Não podia reclamar, não podia se reconectar sozinha. 

Estava perdida e não podia fazer nada sobre aquilo.


Já a ovelha é totalmente diferente. 

Estava perdida, sabia que estava perdida, mas não podia sair, não podia se reconectar, chorava e não podia voltar.


O filho prodigo é diferente dos outros dois. 

Ele tem habilidade para ver a sua situação; para reconhecer o seu dilema e corrigir o seu dilema.


O filho prodigo, era o filho mais jovem e diz ao seu pai: “me dá à porção que me pertence, que pertence a mim”.


Aqui ele nos ensina o perigo de sermos impacientes e querer muitas coisas rápido demais. 


Deus tem um momento certo para te abençoar, ele sabe quando te abençoar, quando você está pronto. 


Uma benção não é benção se você à recebe na hora errada. 

O filho prodigo está nos ensinando que devemos ter paciência; a esperar no Senhor, porque quando Deus mostra o que tem para você, não significa que você esteja pronto para receber. 


Você se lembra de Davi? 

Foi ungido para ser rei, mas foi mandado de volta para cuidar de ovelhas.


Talvez você seja ungido, mas não significa que já esteja pronto. 

Você tem que esperar até o momento certo. 


Não é que Deus está preparando a benção para você, muitas vezes, Deus está te preparando para a benção.

Confie em Deus para o tempo certo. 


Isaias 40:31 diz: 

“mas os que esperam no senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias, correrão e não se cansarão, caminharão e nãos se fatigarão”.


Habacuque 2:3 diz; 

“porque a visão é ainda para o tempo determinado, mas se apressa para o fim, e não enganará, se tardar, espera-o, porque certamente virá, não tardará”.


Espere no Senhor. 

Ele sabe quando estamos preparados. Deus sabe quando liberar a benção. Espere nEle, confie nEle.


O filho prodigo comete o erro de receber a benção que era para ele, mas a recebe muito cedo. 


Talvez pudéssemos pensar que o filho prodigo fosse avarento, que queria sua porção da herança para que pudesse ser rico

Mas, perceba que não era riqueza o que ele queria!

Ele já tinha crescido numa casa rica, com servos, era dono de propriedades.

O que realmente ele queria, era o desejo de controle, ele queria controlar o que seria seu. 


Existe uma segurança e uma benção quando você sabe que Deus está no controle. 

Nós temos um Deus que está no controle de nossas vidas. 


Não queira ter este controle em suas mãos. Confie nEle. 

Permita que Deus cuide de seus negócios, de sua família, de seu casamento, de seus amigos. 

Saiba adorá-lo quando Ele abre portas e quando fecha portas. 


O filho prodigo diz: “dá-me a porção dos bens que pertence a mim”. 

E a Bíblia diz que o pai dividiu a herança entre eles.


Imediatamente ele começa a abusar do poder.  

Ele comete erros. Começa a gastar tudo que tem. 

Quando você tem posses, às pessoas são atraídas até você. 


O teste real do seu caráter é como você gerencia o poder. 

Quando você está pra baixo, você está pra baixo. 

Mas quanto mais você se levanta, você entra em outro nível de teste. 


Será que Deus pode confiar a você um favor? 

Será que Ele pode te abençoar e você continuar firme nos propósitos? 


Quero advertir, não se torne um bêbado com o teu sucesso. 

Não fique intoxicado com as pessoas te abraçado e dizendo coisas boas. Quanto mais Deus te levantar, mais humilde você tem que se tornar.

A quem muito é dado muito é requerido.


Quanto mais alto Deus te levar, continue com sua fé, com seu joelho no chão, mais se humilhe, não se torne como tantas pessoas bebendo de seu próprio sucesso. 

Lembre-se de se humilhar. O filho prodigo perdeu o senso do proposito. 


Deus abençoa aqueles que entendem o seu propósito. 

Você tem proposito? Deus irá te abençoar.  


A Bíblia diz que todas as coisas trabalham para o bem daqueles que amam ao Senhor e são chamados de acordo com seu propósito. 


Viva no propósito. Não deixe que ninguém ou qualquer coisa te tire do lugar do teu proposito.


O filho prodigo perdeu a visão do seu propósito. 

Ele recebeu a benção e a usou de uma forma errada. 

Não estava pronto, não poderia cuidar daquilo. 


Ele começou a ser preterido e quando você está necessitado, aí você encontra seus verdadeiros amigos, e todos os oportunistas começam a sair de perto.

O filho prodigo agora se encontra no lugar baixo.

Ele estava agora conectado a um cidadão de uma nação distante, diferente.


Você pode saber quem a pessoa é através de quem esta pessoa se conecta.


Você quer saber quem você é? Mostre-me com quem você está.

Todos conhecem aquele ditado: Diga-me com quem andas e lhe direi quem tu és!


Agora ele, que era filho de um pai abençoado, encontra-se cercado de porcos; e para um menino judeu, comida amaldiçoada.


Olhe com quem você está andando, com quem está conversando, com quem você se sente confortável. 

Seus relacionamentos estão dizendo algo sobre você.


Ali estava ele num lugar confortável para os porcos, mas não confortável para ele.


O que eu amo sobre a graça de Deus é que ela não vem apenas para a igreja, na adoração, no louvor, nas exaltações, mas, a graça de Deus vai a lugares horríveis e traz de volta o que pertence a Deus. 

Esta é a graça de Deus!!


Ela vai numa bagunça para criar uma benção.

Lá estava ele, no meio da bagunça, no meio dos porcos, quando a graça entrou naquele lugar.


Quando você vê a graça de Deus vindo, você a conhece. 

A graça quando chega ela muda a sua perspectiva. 

Muda como você vê a situação, como você vê a si mesmo. 

Quando sua perspectiva muda, o mundo inteiro muda.


Olhe para o filho prodigo. 

Sujo, mas, nesta condição terrível, ele teve uma mudança de perspectiva.


Ele vê a si próprio, reconhecendo os seus erros e desafia-se a voltar ao caminho certo. Reconecta-se ao pai, e declara:


“Vou me levantar e vou dizer ao meu pai: eu pequei. Eu não sou digno de ser chamado de seu filho.”


Perceba, ele não estava lá ainda, mas estava se preparando.


Não é o que você diz a outras pessoas que determina a direção que você vai, mas é o que você diz a si próprio.


Você começa a declarar e isto faz você mudar a direção.

Pregue para você. Declare para a sua vida. Não espere chegar lá. 

Comece a praticar.

Eu vou chegar. Vou me levantar. Eu irei.

Isto é uma coisa poderosa.

O Senhor é comigo, vai a minha frente...


O filho prodigo foi na direção do que ele falava. 

O poder da vida e da morte está na língua. Naquilo que você declara.


Se você declara coisas ruins, coisas que o levam para baixo; você irá para baixo. 

Se declarar coisas boas, você irá subir.


Fale alto. Deixe que teus ouvidos ouçam você dizendo, sua família, amigos e inimigos ouçam você dizer que irá se levantar e irá ao pai


Olhe para a mulher do fluxo de sangue; a Bíblia diz que estava enferma por 12 anos.

Ouviu dizer que Jesus iria passar por ali.

Disse a si própria: se ao menos eu tocar em suas vestes serei curada.


Gostaria que você mudasse a maneira como fala consigo mesmo.


Quando o inferno vier contra você, declare que ele não tem poder pois você é filho do Deus altíssimo. 

Quando a doença chegar, declare que o Senhor levou todas as suas enfermidades. 

Quando não tiver ninguém para te encorajar, fale com você mesmo e alinhe os seus pés com a sua fala.


Ela disse: Se eu tocar na orla de seu vestido! Ela disse enquanto andava.

Ande em direção a sua benção. Em direção ao pai.


Deus irá fazer por ti. 

Onde pisar a planta do seu pé, Deus irá te dar um novo território.

Estou me preparando para pisar num novo terreno. 

Deus irá dar um novo tempo para você. 

Verbalize isto e ande sobre isto.


E finalmente, o filho prodigo descobriu quem ele era. 


A suas circunstâncias não revelam quem você realmente é. 

A Bíblia diz que o pai olhou e viu o seu filho enquanto estava distante.


MINISTÉRIO DA RECONCILIAÇÃO.


Deus não precisa esperar você amadurecer para ver você chegando.

Ele está pronto para celebrar com você.

Deus quer se reconectar com sua vida.


A Bíblia diz que mataram um bezerro e fizeram uma festa.

Quando foram celebrar, o filho mais velho não aceitou comemorar com eles.


Sempre haverá pessoas que não querem celebrar o que Deus tem feito em sua vida, mas porque não querem entrar, não vão para a festa de Deus.

Este é o momento para a moeda ser achada, a ovelha ser encontrada, o filho perdido voltar para casa.


Tudo que tenha saído do lugar, que volte ao alinhamento perfeito.

Sua vida, seu casamento, seu relacionamento familiar. 

Deus quer que tudo volte. 


Ele está pronto para trazê-lo, mas você tem que voltar ao lugar certo.

Volte para casa. Tenha um novo tempo com novos propósitos com o Senhor.


Deus tem o tempo certo para todas as coisas, e hoje é o tempo para você restaurar sua vida e se reconciliar com Deus.


Amilton Cabral