arrow_drop_down
A IMPORTÂNCIA DE RENOVAR A MENTE.

A IMPORTÂNCIA DE RENOVAR A MENTE.

Te convido a investir um tempo para ler esse artigo e pensar sobre a grande importância e a difícil tarefa de renovar nossa mente. 

Para isso quero partir do que o apóstolo Paulo afirma quando escreve aos crentes da igreja em Roma.

 

Romanos 12: 2.

Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

 

O apóstolo orienta a igreja sobre o verdadeiro evangelho, suas implicações, sua doutrina e agora precisariam colocar em prática a transformação que esse evangelho gera naqueles que são alcançados por ele.

 

Sabemos que quando somos convertidos tudo em nós muda, ou começa a mudar.

Nascemos de novo, somos justificados de nossos delitos e pecados, mas então ingressamos em uma estrada, ou um processo que chamamos de santificação.

Santificação não ocorre de forma instantânea, mas de forma gradual, deve ser um processo constante e crescente pois é dessa forma que a renovação da mente vai ocorrer.

 

Esse processo Deus não fará sozinho, ele espera que nos comprometamos com isso.

 

Nossa mente é composta de registros que foram nela armazenados desde o nosso nascimento.

Esses registros nos construíram e fizeram que nos tornássemos quem somos, ou melhor em quem éramos até o momento de nossa conversão.

 

Mas veja bem, esses registros não serão apagados, mas precisam ser ressignificados.

E para que possamos entender isso creio que caiba olhar para um momento bastante anterior a carta que Paulo escreveu.

 

 

UM POVO ESCRAVO NO EGITO.

 

Essa história bem conhecida por todos nós nos mostra o povo de Deus, que após permanecer por 450 anos escravos no Egito são libertados por Deus através da intervenção de Moisés.

Esse povo sai do Egito vendo o poder, a força e os milagres de Deus diante de seus olhos.

Mas quando chega o momento de tomar posse da terra ou da promessa de Deus que era Canaã, um time é enviado para fazer o reconhecimento da terra.

 

O RELATÓRIO DE MENTES NÃO TRANSFORMADAS.

 

Números 13:32.

E espalharam entre os israelitas um relatório negativo acerca daquela terra. Disseram: "A terra para a qual fomos em missão de reconhecimento devora os que nela vivem. Todos os que vimos são de grande estatura. 33. Vimos também os gigantes, os descendentes de Enaque, diante de quem parecíamos gafanhotos, a nós e a eles".

 

Aqueles homens se viam dessa forma, como gafanhotos diante daqueles que habitavam a terra. 

Mas o pior é que se viam assim também diante deles próprios.

 

Isso leva o povo que ainda mantinha a mente construída por um tempo de escravidão a se enxergar assim.

O resultado disso conhecemos, um período de 40 anos andando em círculos pelo deserto.

 

UMA MENTE RENOVADA ENXERGA ALGO DIFERENTE.

 

Números 14: 6-9.

Josué, filho de Num, e Calebe, filho de Jefoné, dentre os que haviam observado a terra, rasgaram as suas vestes

e disseram a toda à comunidade dos israelitas: "A terra que percorremos em missão de reconhecimento é excelente.

Se o Senhor se agradar de nós, ele nos fará entrar nessa terra, onde manam leite e mel, e a dará a nós.

Somente não sejam rebeldes contra o Senhor. E não tenham medo do povo da terra, porque nós os devoraremos como se fossem pão. A proteção deles se foi, mas o Senhor está conosco. Não tenham medo deles! "

 

Esses dois homens Josué e Calebe discordaram daquela visão, porque mentes transformadas enxergam além das evidências.

 

Veja, eles viram uma terra excelente, estavam certos que Deus faria o que prometeu e finalmente, que não estavam sozinhos para cumprir aquela missão.

Assim também nós precisamos crer e enxergar.

 

 

O AGENTE DESSA TRANSFORMAÇÃO.

 

Números 27: 18.

Então o Senhor disse a Moisés: "Chame Josué, filho de Num, homem em quem está o Espírito, e imponha as mãos sobre ele.

 

Josué tinha o ESPÍRITO DE DEUS, e isso o capacitava a ver e a crer muito além do povo.

 

Hoje vivemos o tempo da Graça, onde cumpriu-se o que foi prometido por Jesus, e cumprido no dia de Pentecostes.

 

O Espírito Santo foi derramado e está habitando em todos que ouvindo o Evangelho abriram seu coração e receberam Jesus como Senhor e Salvador.

 

Paulo diz que esse Espírito nos transformou.

 

Romanos 8: 15.

Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temer, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: "Aba, Pai".

 

Ele nos libertou do Egito espiritual, nos deu coragem removendo o medo, e nos tornou filhos de Deus.

 

É a partir disso que nossa mente será renovada e transformada.

 

Entendendo quem somos com base naquilo que a Palavra de Deus diz que somos.

 

Filhos de Deus, libertos das garras de satanás, desse faraó que nos escravizava.

 

E temos o Espírito, assim como Josué tinha e o apóstolo Paulo tinha.

Precisamos viver uma vida que experimenta a boa agradável e perfeita vontade Deus.

 

E isso só será possível através da renovação de nossa mente.

 

Minha oração é para que Deus trabalhe e que você se envolva com Ele nesse processo de transformação gradativo e crescente, e que a cada dia possa se parecer mais com Cristo que o salvou. 

 

Pr. Rogerio Cavelho.