arrow_drop_down
PAI PARA TODOS OS DIAS

PAI PARA TODOS OS DIAS

Que privilégio, mas também que desafio é ser pai neste tempo que vivemos. 

Não é muito diferente do que o personagem bíblico que abordaremos aqui.


Jó, um homem que no seu tempo mostrou que é possível fazer a diferença mesmo vivendo em um ambiente totalmente hostil, pois vivia na terra de Uz, uma cidade cheia de idolatria, pecados e corrupção. Mesmo assim Jó se torna um exemplo de pai, vamos ler Jó 1.1-5

Na terra de Uz vivia um homem chamado Jó. Era homem íntegro e justo; temia a Deus e evitava o mal. Tinha ele sete filhos e três filhas, e possuía sete mil ovelhas, três mil camelos, quinhentas parelhas de boi e quinhentos jumentos, e tinha muita gente a seu serviço. Era o homem mais rico do oriente.

Seus filhos costumavam dar banquetes em casa, um de cada vez, e convidavam suas três irmãs para comerem e beberem com eles.

Terminado um período de banquetes, Jó mandava chamá-los e fazia com que se purificassem. De madrugada ele oferecia um holocausto em favor de cada um deles, pois pensava: Talvez os meus filhos tenham lá no íntimo pecado e amaldiçoado a Deus. Essa era a prática constante de Jó.


Algumas lições aprenderemos com Jó, para sermos PAI PARA TODOS OS DIAS.


O mais fascinante da etimologia da palavra pai, é que significa, o que indica e anda pelo caminho ou, construtor de base sólida. 

Dessa forma a primeira lição que aprendemos com Jó é: 


ESFORCE-SE PARA DEIXAR UMA IDENTIDADE EM SEU FILHO.


V1. “Na terra de Uz vivia um homem chamado Jó. Era homem íntegro e justo; temia a Deus e evitava o mal.”


No início do livro já começa destacando que Jó era um homem íntegro e justo. Esta era a identidade de Jó naquela terra. As pessoas e sua família o enxergavam assim. 

Saiba que caráter é fazer o certo quando ninguém está olhando, por isso faça o certo sempre


Qual a identidade ou qualidade sua que você está deixando em seu filho? 

Qual característica sua que ele admira?


Jó era exemplo de pai, marido, patrão e homem naquela terra. 

Nossos filhos nos veem mais do que ouvem. 

A identidade de Jó estava alicerçada em seu caráter e em sua família.

Seja PAI para todos os dias.


PROMOVA A COMUNHÃO 


V.4 “Seus filhos costumavam dar banquetes em casa, um de cada vez, e convidavam suas três irmãs para comerem e beberem com eles.”


É muito nítido que havia uma preocupação de que Jó, e todos os seus filhos estivessem juntos sempre, mesmo sendo dez filhos. 

É importante sempre lembrar que unidade não vem pronta, precisa ser construida.


No livro de salmos 133.3b diz: “Ali o Senhor concede a bênção da vida para sempre.” 


Este salmo fala que é na unidade que o Senhor concede a Benção, por isso promova, invista no relacionamento e na unidade de seus filhos.

Saiba que há uma batalha em seu lar e em seus relacionamentos para que não sejam unidos, para que não tenham paz, mas lutas constantes. 


Em Mateus 12.25 diz: 

“Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: Todo reino dividido contra si mesmo será arruinado, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não subsistirá.” 


Então não perca mais tempo. Construa a unidade hoje em sua casa, com seus filhos, sua esposa, não deixe as oportunidades passarem.

Seja PAI para todos os dias.


MOTIVE A ALEGRIA.


V.4 “Seus filhos costumavam dar banquetes em casa, um de cada vez, e convidavam suas três irmãs para comerem e beberem com eles.”


Esta é mais uma grande lição que Jó nos ensina. A estimular, impulsionar, alimentar a alegria em sua família. 

Toda vez que a bíblia fala de banquete, está falando de alegria, de festa, de risos e de momentos felizes.

Estamos ultimamente vivendo em lares, em famílias, muitos serias, bravas, rancorosas cheias de murmuração, com palavras duras, falta de perdão, filhos sem conversar com seus pais e pais sem conversar com seus filhos. 

Precisamos entender que alegria vale mais que bens.


Faça seu filho rir, sua esposa sorrir. 

A bíblia define a alegria como fruto do espírito com esta em Gálatas 5.22:

“Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade,”


Se é um fruto do Espírito Santo, você pode pedir alegria para Deus, você pode orar para Deus a produza e a desenvolva. 

Ele pode a dar para sua família, para seu casamento e para seus filhos.

Seja PAI para todos os dias.


CONSTRÓI ALTAR DE INTIMIDADE E DEPENDÊNCIA DE DEUS 


V.5 “Terminado um período de banquetes, Jó mandava chamá-los e fazia com que se purificassem. De madrugada ele oferecia um holocausto em favor de cada um deles, pois pensava: Talvez os meus filhos tenham lá no íntimo pecado e amaldiçoado a Deus. Essa era a prática constante de Jó.”


Não fomos chamados somente para dar comida, pagar a roupa, escola ou cuidar de nossos filhos. 

Nosso chamado é para criar nossos filhos no caminho de Deus, no altar do Senhor.


Jó tinha pressa em ter uma vida no altar de Deus e o versículo diz que logo de “madrugada” ele já oferecia holocausto para cada um deles, mesmo não sabendo se eles tinham errado contra Deus. Jó tinha dependência total de Deus. 


Você é o espelho do seu filho. 

Em tudo precisamos ser exemplos para nossos filhos. Eles estão nos observando em todo momento, em cada gesto, em cada atitude.


APLICAÇÃO


Este é o desafio da paternidade. Jó tinha uma prática constante. Esforçava-se para deixar uma identidade de caráter nos seus filhos, promovia a comunhão entre os mesmos, estimulava e motivava a alegria, o sorriso dentro do lar e construía um altar de intimidade, dependência e relacionamento com Deus.


Este é o chamado para cada pai. Criar e instruir seu filho nos caminhos do Senhor. Desenvolver o amor e o temor por Ele, fazendo o que significa a palavra PAI, que é:  aquele que constrói caminhos e anda nele. 

Dessa forma que devemos ser, PAI PARA TODOS OS DIAS.


Pr. Marciel Agues