arrow_drop_down
CAMINHO PARA A PAZ

CAMINHO PARA A PAZ

Neste artigo aprenderemos sobre como trilhar o caminho para a paz. 
Paz é o que todos desejam. O ser humano busca paz em muitos lugares, fazem até guerras para alcançá-la.
Então, como alcançar a paz, depois de enfrentar o caos, lutas e perdas. 
Como seguir em frente? Como deixar a dor ir? Como deixar a dor no passado? Como ter paz depois de enfrentar a mais profunda tristeza de perder um filho. 

No livro de 2º Samuel 12:13-24 diz:

Então Davi disse a Natã: Pequei contra o Senhor! E Natã respondeu: O Senhor perdoou o seu pecado. Você não morrerá.
Entretanto, uma vez que você insultou o Senhor, o menino morrerá".
Depois que Natã foi para casa, o Senhor fez adoecer o filho que a mulher de Urias dera a Davi.
E Davi implorou a Deus em favor da criança. Ele jejuou e, entrando em casa, passou a noite deitado no chão.
Os oficiais do palácio tentaram fazê-lo levantar-se do chão, mas ele não quis, e recusou comer.
Sete dias depois a criança morreu. Os conselheiros de Davi estavam com medo de dizer-lhe que a criança estava morta, e comentavam: Enquanto a criança ainda estava viva, falamos com ele, e ele não quis escutar-nos. 
Como vamos dizer-lhe que a criança morreu? Ele poderá cometer alguma loucura! 
Davi, percebendo que seus conselheiros cochichavam entre si, compreendeu que a criança estava morta e perguntou: A criança morreu?
Sim, morreu, responderam eles.
Então Davi levantou-se do chão, lavou-se, perfumou-se e trocou de roupa. 
Depois entrou no santuário do Senhor e adorou. E voltando ao palácio, pediu que lhe preparassem uma refeição e comeu.
Seus conselheiros lhe perguntaram: Por que ages assim? Enquanto a criança estava viva, jejuaste e choraste; mas, agora que a criança está morta, te levantas e comes!
Ele respondeu: Enquanto a criança ainda estava viva, jejuei e chorei. Eu pensava: Quem sabe? Talvez o Senhor tenha misericórdia de mim e deixe a criança viver.
Mas agora que ela morreu, por que deveria jejuar? Poderia eu trazê-la de volta à vida? Eu irei até ela, mas ela não voltará para mim".
Depois Davi consolou sua mulher Bate-Seba e deitou-se com ela, e ela teve um menino, a quem Davi deu o nome de Salomão. E o Senhor o amou.

Três opções podemos viver quando algo ruim acontece, quando passamos por momentos de caos, quando a mente e coração estão aflitos.

- Você pode deixar que te destrua;
- Você pode deixar que te defina, e viva a dor para sempre;
- Você pode deixar que esta dor te faça crescer e amadurecer.

Neste texto vemos que o Rei Davi teve que tomar algumas atitudes. Ele deu alguns passos importantes para que pudesse ter paz novamente em seu coração.
Qual foram os passos que ele teve que dar para que alcançasse a paz?

1.ACEITAR O QUE NÃO SE PODE MUDAR.
(V.21-22) 

“Seus conselheiros lhe perguntaram: Por que ages assim? Enquanto a criança estava viva, jejuaste e choraste; mas, agora que a criança está morta, te levantas e comes! 
Ele respondeu: Enquanto a criança ainda estava viva, jejuei e chorei. Eu pensava: Quem sabe? Talvez o Senhor tenha misericórdia de mim e deixe a criança viver.”

Aceitar o que não se pode mudar não é dizer que não doa mais. 
É saber que a decisão de Deus é a melhor mesmo que venha a doer, mesmo que aparentemente pareça ruim ou pior.

É entender que sua história está nas mãos de Deus.
Foi exatamente isto que Deus estava mostrando para Davi, que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável.
O caminho para paz é aceitar que a decisão de Deus nem sempre será segundo o desejo do meu coração, segundo a minha vontade ou segundo o que penso ou que quero.

Outro passo para o caminho para paz é:

2.CUIDE DE VOCÊ
(V.20a)

“… Então Davi levantou-se do chão, lavou-se, perfumou-se e trocou de roupa”

Depois do caos, das lágrimas, é um passo importante aprender a seguir em frente, seguir vivendo, não paralisar, não ficar prostrado pela dor. 

Por isso creia: não é o fim.

No livro de Juízes. 11:1-3 vemos:
“Jefté, o gileadita, era um guerreiro valente. Sua mãe era uma prostituta; seu pai foi Gileade. A mulher de Gileade também lhe deu filhos, que quando já estavam grandes, expulsaram Jefté, dizendo: Você não vai receber nenhuma herança de nossa família, pois é filho de outra mulher.
Então Jefté fugiu dos seus irmãos e se estabeleceu em Tobe. Ali um bando de vadios uniu-se a ele e o seguia.”

Neste texto o personagem Jefté nos ensina uma grande lição, depois de ser desprezado, hostilizado e maltratado por todos.
Ele resolve seguir em frente, avançar, viver a sua história, cuidar dele, acreditando que não era o fim, crendo ele podia ter um novo caminho, uma nova história. 
O caminho para paz.

3.OLHE PARA DEUS ATRAVÉS DA ADORAÇÃO
(V.20b) 

“…Depois entrou no santuário do Senhor e adorou.”

Davi dá mais um passo ao olhar para Deus através da adoração, olhar para Deus através da sua grandeza, de que Ele está no controle da vida e da morte.
Deus tem o governo de todas as coisas no céu e na terra. 

Vemos algo semelhante no livro de Neemias, depois de Neemias ter recebido notícias terríveis do seu povo, da luta, da tragédia que eles estavam vivendo.
Ele vai orar e jejuar e na sua oração reconhece a grandeza de Deus. 

Neemias 1:5: 
“Ó Senhor, Deus do céu, tu és grande, e nós te tememos! Tu és fiel e guardas a tua aliança com aqueles que te amam e obedecem aos teus mandamentos” 

Davi e Neemias sabiam que o lugar mais alto para estar não era o trono, mas aos pés de Deus, reconhecendo e contemplando sua grandeza, não deixando que a ansiedade, as dores, o pavor de como seria o futuro, os martirizassem porque, a ansiedade suga a esperança, mas a gratidão a alimenta. 

Então alimente a sua esperança com a gratidão. 
Em Filipenses 4:6-7 diz:

“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.


Por isso adore, ore e seja agradecido em todo tempo e a paz de Deus guardará o seu coração.

4.SEJA PRODUTIVO
(V.20c)

“… E voltando ao palácio”

O caminho para paz é buscar ser produtivo, não deixar que a dor te paralise e te faça improdutivo.

Quando Davi faz a escolha de voltar para o palácio, escolhe não fugir do propósito e do seu chamado.

Dê um passo de fé. 
Mesmo que esteja doendo, dê um passo de fé. Mesmo que você esteja com medo de sofrer novamente, dê um passo de fé. Mesmo que neste momento esteja sem chão, Deus tem poder de o colocar no chão novamente.

Como diz em 2º Coríntios 5.7:

“Porque não andamos por vista, mas por fé.”

5.AJUDE E CONSOLE QUEM PRECISA.
(V.24) 

“Depois Davi consolou sua mulher Bate-Seba e deitou-se com ela, e ela teve um menino, a quem Davi deu o nome de Salomão. E o Senhor o amou.’’

Prossiga amando, não desista de ninguém, sua dor tem um propósito para Deus.

2º Coríntios 1:3-4:
“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações.”

Ame, console, não tenha medo de amar, não tenha medo de abraçar, não tenha medo de perdoar, não tenha medo de pedir perdão, não tenha medo da reconciliação. 

APLICAÇÃO

Quando você olha para este texto, contempla que os passos que Davi tomou foram os melhores para que tivesse suas emoções restabelecidas, dores extinguidas, levando-o ao caminho para paz.

Atitudes foram tomadas, como aceitar o que não podemos mudar e compreender que a decisão de Deus é a melhor, aprender a levantar e cuidar de si mesmo, ser produtivo, viver o seu propósito, e não desistir, mas cuidar e consolar quem precisa.

Com isso Deus fez sua esposa gerar um filho, o qual Davi colocou o nome de Salomão que significa paz. 

Desta forma Davi está dizendo, agora tenho paz.

Creia que Deus tem o melhor para sua vida e que assim como Davi quer levá-lo a andar por CAMINHOS DE PAZ.

Pr. Marciel Agues